DIETAS LOW CARB E O RISCO CARDIOVASCULAR

DIETAS LOW CARB E O RISCO CARDIOVASCULAR

Cardiologia
Dimosthenis E. Papakonstandinou
Cardiologia
CRM 12159 - RQE 6479

As dietas low carb são muito populares porque contribuem para a perda de peso relativamente rápida, devido à redução drástica de carboidratos na dieta, especialmente os carboidratos obtidos de farinhas brancas, como o pão, massas em geral. Entretanto, a longo prazo, essa opção é controversa.

Autores avaliaram a associação de dieta low carb e mortalidade em Coorte (NHANES, 1999-2010) que incluiu 24.825 participantes com idade média de 47,6 anos, num período de 6,4 anos, e foram criados grupos de obesos e não obesos para o estudo.

Após ajustes para todos os fatores, os autores observaram que os pacientes no quartis mais elevados da dieta low carb apresentaram risco mais elevado de doenças cardiovasculares, incluindo AVC. A relação foi mais forte entre os obesos e maiores de 55 anos. Em função disso, o estudo não afirma, mas sugere que se faça uma melhor análise do aumento do consumo de gordura saturada para compensar a redução dos carboidratos, nas dietas low carb. (MAZIDI et al, 2018).