CONSUMO DE CHOCOLATE ASSOCIADO AO RISCO CARDIOVASCULAR

CONSUMO DE CHOCOLATE ASSOCIADO AO RISCO CARDIOVASCULAR

Dimosthenis E. Papakonstandinou
Cardiologia
CRM 12159 - RQE 6479

Vários autores realizaram uma metanálise que incluíram 23 estudos reunindo 405 mil participantes e 35.093 casos de doenças cardiovasculares.

Diversas quantidades de chocolate semanais foram analisadas e os autores concluíram que o chocolate pode estar associado a redução do risco cardiovascular até o consumo semanal de 100 gramas e que a dose com mais benefício foi a de 45 gramas semanais. As doses maiores podem aumentar o risco pelos efeitos adversos do açúcar. (BMJ-HEART, 2018).