INTERVENÇÕES ASSISTIDAS POR ANIMAIS

INTERVENÇÕES ASSISTIDAS POR ANIMAIS

Psicopedagogia
CLÍNICA JEITO DE SER
Psicopedagogia
ABPP 13123
A Clínica Jeito de Ser, oferece um atendimento diferenciado e que vem apresentando muitos benefícios e resultados satisfatórios através das Intervenções Assistidas por Animais com Cães.
Dentro das intervenções podemos destacar as atividades de educação e a terapia assistida por animais com cães.  Esta é uma nova abordagem terapêutica que tem como diferencial o uso do cão como elemento motivador no tratamento físico, psíquico, emocional e pedagógico de pessoas com necessidades especiais ou alguma dificuldade específica.
A Terapia Assistida por Animais com Cães traz um elemento novo e chamativo às sessões de terapia tradicionais. Este elemento (o cão) tem uma funcionalidade clara nas intervenções. Com ele pode-se facilitar a aquisição de novas condutas, seja porque as guia e apoia ou porque as modela. Além disso, o animal é um potente estímulo das emoções positivas.
Basicamente o que se busca é aumentar a motivação do paciente para que os objetivos estabelecidos na terapia sejam alcançados com maior efetividade e eficiência.
Os cães que fazem parte das intervenções, são cães que foram selecionados, socializados e constantemente treinados para estarem dentro da Clínica Jeito de Ser, e poder assim realizar um trabalho seguro junto com a Psicopedagoga Letícia Casonatto e a Psicóloga Janice Mezacaca Cavalini.

As Intervenções Assistidas por Animais com Cães, são oferecidas na Clínica através dos seguintes atendimentos:

PSICOPEDAGOGIA
→ Atendimento na área da Psicopedagogia para crianças, adolescentes, adultos e idosos, que apresentem dificuldades nos processos de aprendizagem ou alguns transtornos específicos como: Transtorno do Espectro Autista, Dislexia, TDAH. Em idosos, com enfoque na memória, autoestima, diminuição da sensação de isolamento, afetividade.

→ Hora do conto para crianças. São histórias contadas para as crianças, em que o cão interage diferentes   maneiras, sendo responsáveis por selecionar os livros, participar das histórias ou mesmo serem protagonistas das narrativas. É indicado para qualquer criança e faixa etária, com o objetivo de estimular e promover o gosto pela leitura.

Na Psicopedagogia podemos citar os benefícios que a Terapia Assistida por Animais com Cães proporciona:
• Físicos: aprimora as habilidades motoras finas.
• Mentais: aumenta a interação verbal entre os membros do grupo, melhora as habilidades de atenção (ou seja, prestar atenção, permanecer na tarefa), desenvolve habilidades de lazer e recreação, aumenta a autoestima, reduz a ansiedade, a solidão e combate depressão.
• Educacionais:  Crianças desmotivadas para o estudo, auxilia também na linguagem verbal, ajuda na memória de longo e curto prazo e melhora o conhecimento de conceitos.
Através de atividades propostas auxilia na alfabetização, compreensão, interpretação, aritmética e diversas habilidades.
• Fisiológicos: aumenta os níveis de neurotransmissores, como dopamina (prazer e controle motor), fenilalanina (ânimo e antidepressivo) e endorfina (analgésico e sensação de bem-estar. Também aumenta as taxas dos hormônios prolactina (vínculo social) e oxitocina (confiança) e diminui o cortisol (estresse). 

E muito mais:
• Ajuda pacientes com certas enfermidades a sair do egocentrismo, estimulando a empatia, a aceitação e a confiança mútua.
• Os cães abrem um canal de comunicação emocionalmente seguro com as crianças, que não se sentem julgadas.
• Ensina a responsabilidade e reforça a autoestima, sobretudo quando a criança ajuda a cuidar do cão.
• Estimula a diversão e a brincadeira, uma distração positiva que ajuda a diminuir a sensação de isolamento.

PSICOLOGIA
A Terapia Assistida por Animais é recomendada para pacientes de uma ampla faixa etária – Crianças, adolescentes, adultos e idosos – e, da mesma forma, são aplicadas em diferentes quadros clínicos, emocionais e psiquiátricos: 
• Transtorno do Espectro Autista;
• Ansiedade em todas as faixas etárias;
• Algumas fobias específicas;
• Depressão;
• Esquizofrenia; 
• Demências (incluindo Alzheimer);
• Parkinson;
• Lesões encefálicas adquiridas, entre outros.

Estudos revelam os efeitos positivos que essa interação reflete sobre a fisiologia e a saúde cardiovascular humana, incluindo a diminuição dos sintomas de ansiedade, melhora nas condições psíquicas, sociais, emocionais e cognitivas, além de contribuir para a diminuição de quadros depressivos, melhora nas funções mentais diversas, nas alterações ou dificuldades na capacidade de expressão e nas alterações fisiológicas.
No processo psicoterapêutico, o cão é o coterapeuta e tem como função ser um facilitador das técnicas já utilizadas nas diversas abordagens da psicologia. Com isso, a psicoterapia pode tornar-se atrativa para pacientes que apresentam certa resistência ao tratamento. 
A Clínica Jeito de Ser também oferece a Oficina Emoções e Sentimentos, direcionada a crianças e adolescentes que apresentam dificuldade em lidar com os seus sentimentos e emoções. Os encontros tem a participação do CADU, um cão de intervenção que foi selecionado, socializado e treinado para participar de atividades com as crianças.  O cão entra como um elemento motivador, que permite que o encontro seja mais lúdico e prazeroso. Ele contribui também para que os participantes se sintam mais à vontade para contar suas experiências, falar dos seus sentimentos e expor suas angústias e dúvidas.