Conheça os principais problemas venosos

Conheça os principais problemas venosos

Revista SOS Saúde
IMPRENSA
Matéria de anunciante

VARIZES, TROMBOSE E DOR são exemplos de problemas relacionados ao sistema venoso e costumam ocorrer com maior frequência nas pernas.  Na doença venosa existe uma dificuldade no retorno do sangue ao coração, sendo causada por refluxo ou obstrução dos vasos.

DOR NAS PERNAS: pode ser sinal de má circulação.  A dor nas pernas constitui um dos principais motivos que levam as pessoas a procurarem avaliação com um Cirurgião Vascular.  A dor de origem circulatória na maior parte das vezes se deve a problemas nas veias e normalmente é acompanhada de sensação de pernas pesadas, cansadas, formigamento ou inchaço.  Costuma piorar no calor e ao ficar muito tempo em pé.  Existem, no entanto, outras causas para dor nas pernas que não a má circulação, incluindo problemas articulares, musculares ou neurológicos. 

VARIZES: afetam até 30% da população, sendo mais comum em mulheres.  As varizes são veias dilatadas e tortuosas que além do desconforto estético podem causar dor, inchaço e manchas escuras nas pernas.  Em casos mais avançados podem levar a formação de feridas.  O tratamento das varizes pode ser feito de diferentes maneiras dependendo do caso.  Um método cada vez mais utilizado é a “secagem” com espuma, técnica que permite o tratamento sem necessidade de internação hospitalar.  A cirurgia, por outro lado, normalmente é feita em hospital.  Nesse caso o uso de técnica com termoablação (como a radiofrequência) possibilita recuperação mais rápida quando comparada à técnica convencional da cirurgia de varizes.

VARICOSES: também chamadas de vasinhos, elas se manifestam como traços avermelhados nas pernas. Por vezes podem aumentar de diâmetro, adquirindo aspecto elevado de cor azulada ou roxa.  São muito comuns e atingem até 70% das mulheres.  Normalmente não causam sintomas, a não ser desconforto de ordem estética.  Algumas varicoses são “alimentadas” por uma veia nutridora, devendo essa situação ser diagnosticada para o tratamento ser eficaz.  A escleroterapia é o tratamento mais frequente e consiste na injeção de um medicamento que irá “secar” os vasinhos.  Opções eficazes são ainda o uso da crioescleroterapia (injeção do esclerosante em temperatura baixa) e a espuma de polidocanol.  O uso de um ou outro esclerosante é individualizado caso a caso, conforme o tipo de varicose apresentada.

TROMBOSE VENOSA: é uma doença séria que ocorre quando existe a formação de um coágulo dentro da veia impedindo assim a circulação do sangue.  Obesidade, imobilidade, cigarro e anticoncepcional são alguns dos fatores associados a essa doença.  Os sintomas podem ser dor, inchaço e alteração na cor da pele (pele arroxeada ou às vezes pálida).  A intensidade dos sintomas depende da veia afetada, sendo mais leves em veias superficiais e mais intensos nas veias profundas.  A embolia pulmonar é uma complicação que ocorre quando o coágulo se desloca e compromete a circulação pulmonar.  O tratamento geralmente é feito com uso de medicamentos, sem necessidade de cirurgia.



*Dr.Flávio Beber | Cirurgião Vascular | CRM/PR 19075 | RQE 12770

*Francisco Beltrão/PR    *46 3524.4028