MICROPIGMENTAÇÃO E A QUEBRA DE ESTEREÓTIPOS

MICROPIGMENTAÇÃO E A QUEBRA DE ESTEREÓTIPOS

Estética
Emanuela Milani
Estética
Estética
Em um mundo de cópias, ser você mesmo é ousadia!
Há muito tempo eu venho sentindo a necessidade de escrever um artigo enfatizando a importância de repensarmos alguns valores.
Quem me conhece sabe, não sou nada acomodada.  Além de ter todas as características de uma típica aquariana, sou Mãe, tenho formação em fisioterapia, totalmente sonhadora e wanderlust além de ser empresária da micropigmentação.  
Após tanto tempo de trabalho, senti a necessidade de compartilhar algo que vem ardendo em minhas veias. Ouço todos os dias no meu consultório mulheres realmente incríveis, tentando se transformar em outra pessoa. Sim, sempre existe alguém de referência. “Quero a sobrancelha de tal pessoa, com os lábios daquela outra.” Ou então, “quero ficar igual a essa atriz aqui.”
Atriz essa, cuja personalidade, fototipo de pele, proporções anatômicas, estado de espírito e expressões faciais completamente diferentes daquela pessoa que aspira tornar-se a sua cópia.
De fato, podemos sim querer estar de bem com o espelho, porém, existe algo chamado autenticidade e bom senso. Nem sempre uma loira, delicada, pode ter uma sobrancelha como a da Juliana Paes como referência. Tão pouco uma mulata de lábios escuros e volumosos conseguirá ficar harmônica com a tonalidade que usaríamos em uma boca de alguém com as características da Sandy.
Sim é um ato de coragem e ousadia assumir ser exatamente quem você é! Com seus gostos, opiniões, manias, trejeitos, expressões, sentimentos e sonhos.
Na micropigmentação não seria diferente. Quando falamos a respeito da criação de um projeto especial para cada rosto, também levamos em consideração a personalidade da cliente para a elaboração desse trabalho, por isso é tão importante que você procure um profissional que tenha essa sensibilidade, que possua o feeling para captar todas as suas características, aquelas que são únicas e especiais e transformá-las em micropigmentação.
Você pode até estar estranhando essa minha posição mas após percorrer vários cantos do mundo atrás de técnicas e novos conceitos na área,  eu cheguei à seguinte conclusão: A mulher mais bonita que existe é aquela que não tem vergonha de se posicionar, aquela que não tem medo, então não precisa se esconder.
Sim minha amiga, seu posicionamento já fica evidente na primeira impressão que você causa em alguém através do seu olhar e de tudo o que o seu sorriso é capaz de transmitir.
Então eu te convido, pare em frente a um espelho, se observe com atento e carinho. Agora me diga. Seus lábios e seu olhar estão conseguindo passar a mensagem correta? Aquilo que vem bem lá de dentro de você?
Sim, é muito mais complexo do que se imagina e por isso que essa tarefa não pode ser executada por qualquer um. Finalizo essa reflexão com um convite:
Deixe o medo de lado, vem comigo. Pegue aqui na minha mão e permita que eu transforme você na sua melhor versão.
A bandeira que eu vim levantar hoje carrega a seguinte frase: em um mundo de tantas cópias ouse ser você!