SAIBA COMO CUIDAR DA SAÚDE DO SEU FILHO NA ESTAÇÃO MAIS QUENTE DO ANO

SAIBA COMO CUIDAR DA SAÚDE DO SEU FILHO NA ESTAÇÃO MAIS QUENTE DO ANO

Pediatria
Daniel Fernando dos Santos
Pediatria
CRM/SC 14547 RQE 7890

Os dias de verão são uma delícia. As crianças podem ficar mais à vontade, curtir a piscina, praia, parques... Mas e os bebês? Como cuidar deles nos dias de sol?

Como cuidar da pele do bebê no sol

Até os 6 meses, o uso de protetor não é aconselhado. A recomendação da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Pediatria é que, até essa idade, a criança não use o produto porque a pele é muito fina e sensível. Portanto, é indicado não expor o bebê diretamente ao sol. Use outros métodos de barreira, como as roupas com fator de proteção ultravioleta (FPU), nos momentos em que não há mesmo como evitar os raios solares. Lembre-se de que, mesmo se o seu filho estiver embaixo do guarda-sol ou de árvores, ele precisa de proteção já que recebe radiação do sol.

Como escolher o protetor solar para as crianças

Com fator de, no mínimo, 30. Leve em consideração o tom da pele. Também dê preferência para aqueles que são resistentes à água, para não sair com tanta facilidade após uma ducha ou entrada rápida na piscina ou no mar.

Como passar o protetor solar

Faça isso 20 minutos antes da exposição ao sol, para que o produto tenha eficácia. O melhor é deixar a criança sem roupa e aplicar de maneira uniforme, sem esquecer as dobrinhas, orelhas e peito do pé.  Reaplique a cada duas horas e após banho de imersão. É preciso evitar o sol entre 10 e 16 horas e sempre usar roupas e chapéus, que também podem proteger seu filho.

É comum surgir brotoejas na pele do bebê?

Sim, as bolinhas vermelhas popularmente conhecidas por brotoejas são provocadas pelo entupimento dos poros por onde é eliminado o suor. Elas costumam aparecer principalmente no rosto, no pescoço, no tórax e nas costas e coçam muito! Opte por roupas frescas, deixe os ambientes arejados e aumente a frequência dos banhos, que devem ser curtos, com água morna ou fria, para não ressecar a pele.

Como evitar picadas de insetos?

Assim como o protetor solar, os repelentes só podem ser usados em bebês com mais de 6 meses. Se o seu filho tem mais de 6 meses, fique atento na hora da escolha: leia sempre o rótulo para ver a idade permitida para uso e consulte o médico do seu filho.

Como cuidar da alimentação das crianças nos dias quentes?

Até os 6 meses não é preciso dar nada além do leite materno. O que as mães podem fazer é oferecer mais vezes o peito, já que a água provém do leite. Acima dessa idade, além de caprichar nos líquidos (água é sempre a melhor bebida!) ofereça refeições mais leves e hidratantes, como legumes, verduras e frutas. E não se preocupe se o apetite da criança diminuir um pouco, é normal em dias muito quentes.